sábado, 6 de setembro de 2014

Impedimento

O amor tem muitas formas, é mudo e perseguido pelo bater do coração. Pode simplesmente acorrentado a correntes pesadas mas mesmo assim consegue libertar-se. Mesmo sufocado sente-se e ainda que esteja escondido vê-se. Não é a forma de amar que te define, mas a forma como o exprimes ou não. Vive-o calado. Um amor proibido, que te habita a alma, é um sentimento doce e doloroso que fala por ti. Fala nos pensamentos, fala nos sonhos, extrai-se nos sorrisos das lembranças, nas palavras e nas ilusões. O amor pode ser mudo mas não deixa de ser lindo. O mundo pode impedir de amar mas não impede de sonhar. Olha nos olhos e sonha também.

Sem comentários:

Enviar um comentário