domingo, 3 de fevereiro de 2013

Pequenas coisas

Ele disse: Ela é a pessoa mais doce que eu já conheci. Trata todos com muito carinho, tem um sorriso de ternura. Comigo, então... Está sempre ao meu lado e parece entender sempre do que eu preciso. Parece que a qualquer momento vai pegar-me no colo e dar-me carinho. Ela faz-me sentir aconchegado. Ela disse: Ele é extremamente gentil e prestativo. Está sempre a querer ajudar. Gosta de me proteger, cuida de mim. Eu sinto-me segura ao lado dele. Ele disse: Ela é bonita, uma beleza natural, que não precisa de artifícios. Mesmo assim, está sempre bem produzida. E assim, ela fica ainda mais bonita. Ela disse: Ele tem o sorriso mais lindo que eu já vi. Os olhos dele transmitem sinceridade. Tem um belo corpo, sem exageros, natural e bonito. Ele disse: Às vezes, eu não a compreendo. Ela chegou bastante irritada, não me dirigiu uma palavra, sequer, respondeu ao meu "oi". Perguntei o que tinha acontecido e ela, olhar acusador e braços cruzados, disse que não era nada. Não compreendo. Ela disse: Encontrei um comentário de uma garota no facebook dele. Era uma rapariga bonita, pouco mais jovem do que eu. Ele nunca tinha falado sobre ela, mas eles parecem íntimos. Ah... O meu sangue ferveu... Ele veio falar comigo, todo sorridente, como se nada tivesse acontecido. Cínico! Ele disse: Queria mesmo saber o que a deixou tão zangada. Eu não gosto quando ela fica assim... Eu gosto tanto dela... Ela disse: Ele perguntou por que eu estava chateada! Dá para acreditar? Não é possível que ele não saiba! Ele disse: Às vezes, ela é tão complicada... Ela disse: Às vezes, ele é tão burro!

Sem comentários:

Enviar um comentário