domingo, 23 de setembro de 2012

Asas de um anjo e perfume inesquecível

Tens em ti a paisagem da minha vida, aquela que esperei para ver algum tempo, talvez um longo tempo. Corri atrás do cheiro de um perfume que não conhecia mas achei tão intenso que decidi não perder o rumo de onde ele me queria levar. Corri e fartei-me de correr e quando achei que estava mais perto de saber que cheiro seria aquele perdi-me. Numa floresta, não conhecia nada nem me lembrava do caminho de volta, e aquele cheiro encantava-me. Sentei-me encostado a uma arvore a admirar tal coisa, era fantástico, era único nunca tinha sentido nada tão intenso. Deu-me vontade de sorrir e não percebi porque, sorri e ali estava ela com umas asas brancas a agarrar-me e a sua respiração fez o meu coração a apertar a sentir uma sensação tão estranha. Olhas-te para mim e os teus olhos brilhavam, sorriste e era a curva mais perfeita do teu corpo. Só te perguntei porque que estavas ali a sorrir para mim, porque é que apareceste? Não disseste nada, perdi-me nos teus braços quer dizer nas tuas asas, no teu sorriso e naquele perfume que eu persegui. Não é história, é verdade, apenas não esta contada como aconteceu mas sim como eu sinto que foi. Tento escrever algo decente mas não consigo. Não importa se minhas palavras não podem ser ouvidas pelos teus olhos, ou se os teus olhos não podem ver o meu coração bater. -Engraçado nem mesmo as minhas palavras trocadas deixam de ter sentido quando são escritas para ti Não importa a distância lembra-te <3 Inês Gomes

Sem comentários:

Enviar um comentário