domingo, 26 de fevereiro de 2017

Apaixona-te por quem eu me apaixonei

Apaixona-te, apenas isso. Deixa que a loucura positiva de um amor, que pdoe ser curto ou não , se apodere de ti e te faça cometer as coisas mais loucas que nem tu nelas pensavas. Mas faz como eu, apaixona-te por quem se apaixona por ti, e não, não é pedir de mais, é apenas aquilo a que provavelmente tens direito. Porque que te deves apaixonar por quem se apaixona por ti? Isso, é demasiado simples, embora quase impossivel de descrever por palavras. Vou tentar... A pessoa que se apaixonar por ti, não terá medo de te dizer o que sente assim como quando fores tu a dizer-lhe o mesmo, ou melhor; Nunca terá vergonha de te roubar um beijo na rua ou à frente dos amigos, claro que com muito respeito; Irá aos poucos partilhando a sua vida contigo e tu irás partilhar a tua, sempre com os teus segredos mais obscuros ou apenas alguns aspetos por vergonha; No decorrer dessa paixão, vão acontecer inumeros encontros, imensos beijos, demasiados abraços, várias conversas, revelações que podem não ser agradáveis, podem acontecer desabafos, lágrimas, sim, porque as coisas menos boas também fazem parte e é isso que destingue um amor de uma só paixão e é isso que ao longo do tempo tu te percebes, por isso é que existe muita gente que tem várias paixões, porque nunca encontrou o amor. Mas eu já o encontrei e já lá vão quase cinco anos e posso dizer que ainda hoje para além de a amar, sou um apaixonado por ela, porque a relação não pode ser apenas amor, ou, paixão. Tem de existir uma mistura dos dois, equilibradamente e manuseados ao longo de todos os dias, mas não é fácil, isto porque precisas de ser muito racional. A minha paixão por ela é assim, impossivel de descrever, e sei que ela é igualmente apaixonada por mim, como é que eu sei? pelos sacrificios feitos, não por mim, mas por ela. Como por vários exemplos; Ela não se importa que eu durma de boca aberta e ressone, talvez se importe, mas o amor tem destas coisas e ela aguenta isso, ela joga pes ou fifa comigo, não porque goste ou deixe de gostar, mas sim porque eu adoro e ela faz um esforço para passar um bom tempo comigo a fazer coisas que os dois gostemos de fazer, não se importa que eu acorde mal disposto, importa-se, mas faz de conta que é uma coisa super normal e faz um grande trabalho e põe-me bem disposto, vê os meus filmes favoritos que não gosta, até detesta, dá-lhe sono, mas mesmo assim vê comigo até ao fim e é capaz de me fazer as perguntas mais estúpidas do filme, mas no fim acaba sempre por perceber a história. Ri-se das minhas piadas todos os dias se for preciso, mas no entanto, já as ouve à tanto tempo, que nem, eu próprio sei como é que ainda tem graça, mas realmente podem não ter, mas o amor sim tem destas coisas, pode passar o tempo, mas existem coisas que nem mudam nem vão mudar. Como disse um sábio à pouco tempo em televisão, o casamento não é só coisas boas, existe as idas à casa de banho, os maus cheiros, as doenças, os maus momentos, e só uma pessoa melhor que isso tudo o consegue alcançar e aguentar o casamento, realmente isso faz todo o sentido, mas eu já me considero casado, mais que casado. Tenho comigo a melhor pessoa do mundo e não é porque estou cego de amores, é porque é mesmo verdade, tem todos os seus defeitos como todos, mas tem as melhores qualidades que eu alguma vês já vi. Não sei o que ela viu em mim, mas acredito que tenha sido o destino a juntar-nos, e por esse destino o ter feito, considero-me o homem mais feliz do mundo por tê-la ao meu lado, hoje, amanhã, depois de amanhã e sempre, porque pela paixão e pelo amor, eu já não sei viver sem ela. és o maior troféu que a vida me deu, e se deus existe e inventou o destino então agradecerei a ele todos os dias da minha vida por ele te ter colocado no meu caminho.

Para quando acordares

Quando acordares de manhã, olha-te ao espelho e orgulha-te daquilo que vês, porque se não o fizeres ninguém o fará por ti, a não ser que sejas um psicopata e mesmo assim eles próprios o conseguem fazer. O dia anterior correu-te mal, estás a pensar no que podias ter feito melhor para que a situação não acontecesse ou até pensas no que podias ter feito para que a situação fosse apenas diferente. Acordas simplesmente com a culpa daquilo que hoje não consegues modificar do dia para a noite. Pensa apenas no que podes fazer hoje que pode remediar a situação de ontem. Nunca desistas dos teus valores, das tuas ambições, isso desde que não implique que tenhas de passar por cima de alguém, porque o ego pode deixar-te sozinho e nunca saberás voltar para as tuas origens.

domingo, 3 de maio de 2015

Amor com amor se paga ou será divida? nunca saberás por aqui

Amar-te... Amar-te... Amar-te foi uma decisão tua pela qual eu esperei muito tempo até teres essas palavras ditas na tua boca ou pela tua boca. Não te surpreendas, tu sabes que é verdade! Foste tu que entraste na minha vida com tudo aquilo de que eu gosto e até com aquilo que eu não gosto... Aquilo que eu não gosto em ti, é tudo o que em ti me irrita e me deixa em desespero, e por ter esse efeito em mim, só pode querer dizer que é amor. Foste tu que vieste com esse jeito meigo e carinhoso e me devolveste a confiança que há muito tinha perdido... Porque ao confiar em ti, sinto confiança em mim. Foste tu que chegaste com esse ar bruto, impaciente, resmungão a dizer tudo o que pensas, sem pensares no que eu sentia, apenas porque és assim. Foste tu... Foi o teu mau feitio ao acordar em contraste com o meu sorriso pela manhã. Foi o teu jeito calmo de dormir, sossegado... Aquele dormir com um ar sério, de senhora emproada, sempre com um braço esticado e a mão na testa virada para fora. Durmo mais que tu e com um sono muito pesado ao contrario do teu sono leve, o que não me permite observar-te sempre que acordo durante a noite. Porque quem acorda és tu e não eu, e acredita que sinto pena desse meu sono pesado, porque queria mesmo ficar a olhar para ti que és o meu anjo da guarda e ainda te tornas mais perfeita ao dormir. Foste tu que vieste com esses olhos claros... Mas não foram eles nem a cor... Não, foste tu com essa mania de olhar para mim com ar atrevido, com esse ar que me cortava a respiração, que parece que me atravessa os pensamentos e os sentimentos. Que me faz sentir nu mesmo que tenha toda a minha roupa no corpo. Foste tu que mordeste o lábio na minha direcção, como quem me dizia querer morder o meu. Foste tu, com o teu sorriso sincero, com o teu jeito carinhoso com o tua forma de ser transparente. Foste tu, com todos os mistérios que trazias, com todos os fantasmas que eu demorei a conhecer e mais ainda a compreender. A culpa é tua, na forma concentrada com que preparas o jantar para nós e na forma como moves os talheres enquanto olhas para a televisão, ao mesmo tempo que não tiras a tua atenção de mim, mas disfarças bem! Foste tu... Em todas as mudanças que fizeste em mim, pela pessoa melhor que me tornei depois de te conhecer, mudanças espontâneas, sem obrigações... Foste tu, nos pormenores que foste mudando em ti também... És tu... É aquele abraço apertado que me dás como uma prenda, como quem me diz que te estás a entregar num todo, e não apenas um braço... Como quem mostra que chegaste ao melhor lugar do mundo... a forma como matas as tuas saudades na minha pele, nos meus lábios e todo o resto do meu corpo numa espécie de dança que só tu sabes dançar, dança única que mais ninguém sabe nem eu quero que saibam. Amar-te não foi uma decisão minha. Amar-te, por tudo isto e por muito mais, foi sempre e sempre será uma responsabilidade tua! Mas acredita que esta responsabilidade pode ser a melhor do mundo. Quero que continues a ser a cama onde me deito quando o dia foi uma espécie de mundo a cair-me nos pés, quero que sejas a flor que eu cheiro de manhã ao acordar, quero que continues a ser o sorriso da minha cara feia, quero também que continues a ser as lágrimas que me escorrem pela cara quando tudo estiver mal, ou que seja de felicidade- Por tudo isto e por muito mais quero que continues a ser o meu anjo da guarda, quero que sejas tudo aquilo com que sonhei e o mais importante de tudo, é que se nada disto seguir, quero que pelo menos saibas que serás a mulher mais linda do mundo, com o beijo mais doce do mundo e principalmente a mulher da minha vida, que encontrei perdida nos meus sonhos, e que se for um sonho eu nunca quero que saias da minha mente nem que seja pelas horas em que durmo, desde que permaneças nos meus sonhos é lá que eu quero estar. E num passo mais á frente será que se caíres eu não estarei ali para não te deixar cair? E se não me amares mais? Por acaso o meu amor por ti não será incondicional? E se partires antes de mim? Por acaso não fui eu a encontrar-te nesta vida? E entre o céu, as estrelas e o mar? Por acaso o meu amor não é o maio? E se nem a morte me faz esquecer-te, por acaso não viver dentro de mim? E se não chorei por ti? Por acaso não me ensinaste a sorrir e a acreditar na vida? E qual o mal de não sentir saudades do teu calor? Por acaso não és tu a luz que me guia os passos até a ti? E então? Se não envelhecermos juntos? Por acaso não vivemos intensamente os nossos dias de amor?

sábado, 6 de setembro de 2014

pincel artístico

Escrevo-te em pincéis de ternura desmedida, No equilibrar das letras, suspensas na ponta dos pés, Tocando o céu da tua imaginação, Entre beijos ofertados, pela mais pura emoção...!
Chamo-te em sussurros espalhados pela brisa leve, No escurecer de um céu estrelado e em tom azul desenhado, Doando-te este sorriso meu, que te enche a imaginação, Entre brilhos de um olhar caloroso Desenho-te nas cores oferecidas pelo arco íris, Num desejar da proximidade das tuas doces carícias, Espero-te no soluçar das mudas e sentidas palavras, Entre promessas de um viver eterno e sem fronteiras! Aguardo-te em pensamentos e no desfolhar do caminho, No acarinhar das vontades que desejam uma vida partilhada, Acreditando nesta alegria, pela vida prometida, Entre o sonho realizado ou a doce ilusão de uma simples despedida! Não te quero em resposta, Não te chamo em desespero, Confesso-te, apenas, Que amo-te por um Amor único Que num dia de Outono, ainda O descobrirás...!

Fenix

Estás quase a ir embora. Nestas palavras antevejo mil e um finais...agora que vais embora consigo perceber que a marca que deixaste, ficou e perdura. Estás quase a ir embora e gostava de te dizer tanto e tão pouco! O beijo que ficou prometido? Eu senti-o, tu perdeste-o... E imagino-me a apanhar um comboio, percorrer a distancia que nos separa em algumas horas e abraçar-te como se estivesses para te ir embora. Porque na verdade, para mim, nunca irás. Ficarás sempre como a rapariga que conheci e me disse "pensei que não ias falar comigo, mas enganei-me" Para mim a esperança ficou, para ti parece partir contigo. Só espero que entendas que criaste raizes aqui. Não irás apagar tudo assim com uma borracha de metal e seguires em frente como se só agora estivesses a viver. Amei-te e amo-te, aceitando com satisfação o teu bater de asas... até um dia bela fénix!

Impedimento

O amor tem muitas formas, é mudo e perseguido pelo bater do coração. Pode simplesmente acorrentado a correntes pesadas mas mesmo assim consegue libertar-se. Mesmo sufocado sente-se e ainda que esteja escondido vê-se. Não é a forma de amar que te define, mas a forma como o exprimes ou não. Vive-o calado. Um amor proibido, que te habita a alma, é um sentimento doce e doloroso que fala por ti. Fala nos pensamentos, fala nos sonhos, extrai-se nos sorrisos das lembranças, nas palavras e nas ilusões. O amor pode ser mudo mas não deixa de ser lindo. O mundo pode impedir de amar mas não impede de sonhar. Olha nos olhos e sonha também.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Recusas o que te tornaria feliz

O homem recusa o mundo tal como ele é, sem aceitar ou simplesmente acreditar que esse mundo existe. Efectivamente os homens gostam do mundo e, na sua imensa maioria, não querem abandoná-lo. Longe de quererem esquecê-lo, sofrem, sempre, pelo contrário, por não poderem possuí-lo suficientemente, estranhos cidadãos do mundo que são, simplesmente e apenas é esta a verdade. Sei que para ti toda a realidade é imperfeita, mas o que pode existir que seja apenas perfeito sem imperfeição? Sabes que os teus actos vão sempre acabar por te escapar noutros actos; vais simplesmente julgar, são imperfeições inesperadas mas que na realidade é aquilo que tu fazes. Sabes o quanto te destróis por dentro e por fora consecutivamente numa mistura de pensamentos que tu os queres ter? se tiveres força de vontade essa depressão e esse choro interior passa? Se tiveres vontade de viver os teus sonhos perto de quem tu queres essa dor e essa dor foge com o vento antes de um verão quente? Estás simplesmente a querer viver num mundo completamente fechado para ti própria? É fácil, abre a porta de casa da imaginação e de seguida abre essas janelas que impedem que os teus sonhos respirem, queres ser feliz não queres? Para seres uma vez no mundo tens de deixar ser sempre, quem nunca errou que atire a primeira pedra, não podes ser sempre a vitima dos teus próprios erros e deixar que essa sombra te cubra o arco íris que andas a pintar e que simplesmente não consegues porque não te libertas. É neste momento que tu tens um mundo negro a tua volta, queres fugir não queres? sabes que tens de correr mas apenas caminhas, sabes que tens de sorrir mas choras, sabes que tens de abrir os olhos e simplesmente os fechas, podes achar que o que tens não chega, mas queres pensar assim? Não vais poder voltar a pedir perdão, não vais poder voltar a respirar o ar que supostamente tu querias e sabes porque? porque deixaste que aquela bola de neve negra te tapasse aquilo que tentaste nunca tapar. Faz assim , não demores nem te percas ou podes não te encontrar nunca mais, a ti ou a mim , ou outra pessoa que faça o teu mundo sorrir. queres o meu exemplo? Sonhei, um dia, que se apontasse para uma estrela no céu, ela seria minha! Acordei meio atordoado, pois o meu sonho era sempre ter uma estrela, e a solução pareceu-me tão simples, fácil que era meio impossível que eu não tivesse pensado nisto antes. Ao anoitecer, daquele dia, escolhi uma estrela no naquele céu imenso e a ela apontei o meu dedo, e senti uma alegria enorme: agora eu tinha uma estrela! Uma luz que talvez iluminasse os meus caminhos, um sinal de que os meus sonhos estariam sempre ali, lembrados, e como os meus pensamentos, visíveis a todos. Dormi feliz e tranquilo, poderia dizer que estava realizado. Ao anoitecer fui procurar a minha estrela, e eram tantas que havia no céu, que me perdi. Eu sabia que tinha uma estrela no céu, mas qual era? A alegria, da noite anterior, transformou-se em preocupação, em vinte e quatro horas tinha ganho uma estrela e já a tinha perdido. Passei a noite a pensar sobre isto, o sono demorou a chegar. Acordei muito cedo, e ainda estava escuro, e, já mais calmo, vi a estrela de novo. Entre as coisas que tinha pensado antes de dormir, uma delas é que a estrela representava o meu ideal, e este que um dia o tive, precisei perceber que o tinha perdido, para logo depois o readquirir! Com isto tudo quero dizer que se crias uma bola de gelo a tua volta com fumo de depressão e com pensamento relativamente igual tu não vais ganhar nada, vais achar que estás a perder quando nem sequer tens nada, vais magoar, vais perder mesmo, vais continuar a achar que a culpa é sempre tua e no fim? no fim acabas por ficar sem ninguém e sabes porque? porque durante esse tempo só te preocupaste em lidar com esses pensamentos negativos e nem te lembraste que as coisas boas que tinham a tua volta eram realmente as boas, porque te limitavas a pensar que essas mesmas coisas boas que perdeste eram más como as que em dias tiveste e nunca mais te livraste delas. Pára e pensa um pouco, isso só te irá fazer mais sábia e que só te irá trazer uma reflexão sobre esse teu espelho que está mal refletido e espero que essa reflexão não venha tarde, porque depois de uma reflexão vem a realidade e essa de certo que irá ser a tua desilusão, mas não é isso que queremos pois não? por isso tens aqui palavras e uma oportunidade de agarrar a tua vida, porque pensamos sempre no que vamos fazer, e tu pensas no que já fizeste ou que vais fazer? então está na hora de acordares, porque quando deres por ti já nem tu estás cá ! A vida ás vezes é injusta mas tu ainda podes continuar a dançar e acreditar num futuro presente maravilhoso!força :)